quarta-feira, 3 de setembro de 2008

A vida não é um livro de capa colorida

Vá ler auto-ajuda, conselhos sobre pensar positivo enquanto o mundo desaba em misérias e aos 28 anos seu bem mais precioso é um ipod. A justiça é uma grande mentira, a subjetividade de algum filho da puta que quer se dar bem. A vida tá cheia de parasitas, respirando esse ar infecto e dando esbarrões no metrô para chegar mais rápido numa casa de bosta. Enche a cara, pensa na juventude que nunca foi. Tá fodido, cara. Você pensa em se matar e fulano acha a parada "barra pesada". Eu acho que o mundo vê muita sessão da tarde e revistas com fotos de gente bonita com vestidos da Versace, que na minha opinião são bregas pra caraleo. Ainda um otário que nunca olhou na sua cara quer entender o motivo e deduz que você quer vingança. Quando na verdade você já está tão magoado que não entende o que é amor e se ele pode realmente existir nesse mundo de merda. Aqui só existe vaidade, ambição, egoísmo.
Te conto uma coisa maluca, parei o carro na banca de flores da Dr. Arnaldo e lá eu pedi gérberas amarelas que eu ganhei ainda decoradas. O cara fez do coração. Acho que ele viu lá dentro alguma coisa triste que ele também tem. E desse jeito ele me ajudou e não se sentiu tão só nessa confusão de mundo

2 comentários:

Leonardo Tessitore disse...

Flores, palavras, abraços, álcool, tudo para não nos sentirmos tão sós nessa merda...seu texto me fez o mesmo. Beijos

Daniel Souza disse...

Rapaz, caí por aqui na semana passada. nem lembro como cheguei mas caí. Comecei a ler e diante de tantos blogs não mto atrativos, encontrar um como o seu, interessante, esperto, simples mas inteligente, me fez favoritá-lo. Hoje desci mais a barra e me deparei com alguns textos que muito me identificaram.
Quero parabenizá-lo.
Aliás, sabe aquele dia em que nada sai de dentro da cachola? Nos sentimos ocos, vazios e sem inspiração alguma? Pois então, pra mim, hj foi mais um deste dias. E como me identifiquei com o texto, tive a ousadia de linká--lo no meu, obviamente, dando os créditos para este endereço.
Por favor, caso sinta-se incomodado ou não tenho o hábito de permitir coisas do gênero, peço que me avise para que eu retire, ok?

Parabéns novamente.
Abs,