sexta-feira, 21 de maio de 2010

LEAVE ME ALONE (Ou : O desejo de viver em meu mundo)

Punhal e cutelo
Substantivos de algo concreto
instrumentos que realizam crimes passionais
e também terminam vidas tragicamente
dramáticas e demais vividas
eu vejo a palavra
que é a forma de ser realidade
um mundo todo meu significado
e lá, tudo é muito puro
bruto
tudo é muito vivo
sanguíneo
tudo é muito colorido
amanhecer e entardecer
todo o mundo
meu
um tanto egoísta
i´m so selfish, baby
então venha e deite aqui comigo
vamos contar as estrelas que não existem nesse teto
pegue na minha mão e salte para dentro
do universo que existe entre as minhas retinas
e o meu credo

5 comentários:

Cassiana disse...

o universo que existe entre as suas retinas, incluindo o seu credo e até aquilo que vc nem lembra mais que tá guardado lá parece ser algo muito, mas muito interessante

Bianca Rosolem disse...

Hey Cassiana,

Obrigada por entrar na viagem do ser, rs! É isso o que move as minhas palavas.
Se interessante, pergunte ao meu terapeuta!

Grande beijo

Bianca Rosolem

Moska de Bar disse...

As palavras sempre tem u significado. Guardanapo sujo, fundo de copo. Olhos trôpegos. Algo que se desenha.
Beijo, Bianca

Maria disse...

isso é um convite.

:)

Vampira Dea disse...

Intenso!